MEU ORGULHO É SER BRASILEIRO APESAR DE TUDO !

MEU ORGULHO É SER BRASILEIRO APESAR DE TUDO !
Meu Brasil Grande e Potente!!

quinta-feira, 26 de março de 2015

MEUS POEMAS NO PORTAL CEN: PORTUGAL

MEUS POEMAS NO PORTAL CEN: PORTUGAL

http://www.caestamosnos.org/autores/autores_d/Dely_Thadeu_Damaceno-1.htm




Dely Thadeu Damaceno
 
MINHA ESTRELA

A minha estrela mais brilhante,
É esta que ao meu alcance,
Para mim brilha insistente,
Quando toda sorridente,
Aproxima seu olhar do meu,
Cala ao meu coração latejante,
Que ansiava por este instante,
De ter seu rosto assim colado,
E, este abraço reconfortante,
Aconchega-me por um instante,
Afagando meus sentimentos...
Suspiro, tendo teu corpo assim e calado,
Sentindo teu gostoso perfume amado,
Que me tráz um enorme conforto,
Sinto-me assim tão amado,
Pois eu poder estar ao teu lado,
É o meu maior desejo.
E ao receber,o enorme e sensível afeto,
Os teus beijos e em teus braços, abraços,
Não há melhor prêmio por certo...

Dely Thadeu Damaceno

 
AMOR E O TEMPO...


Abrindo o fecho da memória genética,
Remeto-me á um tempo sem tempo,
Blindado por segredos indecifráveis
Mas relembrados por quebra de ética
Dos sabedores do mistério do universo
Que vez por outra os trazem á luz,
Em sonhos, ou em psicográficas letras...
Belos contos, inimagináveis, vidas vividas,
Memórias apagadas, e abertas no de já vu,
Revivi, vivi ou simplesmente vi?
Sei que o tempo dirá...
Será que voltarei a ver, a viver?
Era tudo tão real, tão lindo tão igual,
Tão lindo como imaginei, como sonhei...
Tão mágico como os sonhos que eu sonhei.
Lá eu te vi, te amei te chamei... Revi o amor...
Aquele amor, lá das nossas montanhas,
Aquele amor desejado, que procuramos,
E que está no tempo, no passado, perdido,
Mas jamais ficará esquecido...

Dely Thadeu Damaceno

 
 CREPÚSCULO


O cair da noite se aproxima, sem que percebamos...
Suavemente o lusco- fusco das estrelas se apresenta
No limiar da escuridão os corações pulsam sem danos
A sombra de uma bela noite se avizinha bem lenta...

O sol se despede num espetáculo de luzes tamanhas
A tímida lua se apresenta por detrás da negra cortina
O rei saiu para dormir atrás das belas montanhas
O brilho estrelado se divide no crepúsculo com a rainha

Neste momento suspiros começam a se desvelar
O romântico momento é propício para o mais belo
Animais se recolhem para o seu necessário descansar
Corujas se arregalando, fazem o clima lindo e paralelo

O coaxar dos sapos e dos pombos o arrulhar
Casais sussurrando o seu sincero amar...
Grilos nas matas, pássaros felizes á piar
O lindo crepúsculo, até os deuses sabem velar

DELY THADEU DAMACENO

 
SE EU FOSSE UM PÁSSARO...

Se eu fosse um pássaro,
Alcançaria o topo do mundo
Visitaria os lugares mais distantes
Veria do alto o oceano profundo...
Voaria sobre as verdes matas densas
Sobre cachoeiras aspiraria o ar puro,
Admirando as criações de nosso Deus,
Onde o homem ainda não projetou futuro,
Saberia sentir estas bênçãos de perto,
E por fim o contraste onde a vida é só deserto...

DELY THADEU DAMACENO
 
 Índice de autores          



Nenhum comentário:

Postar um comentário